A Mutação Genética Protege Contra a Doença de Alzheimer.

08/09/2012 09:38

 

Variante genética rara sugere uma causa e o tratamento para o declínio cognitivo.

    Quase 30 milhões de pessoas vivem com a doença de Alzheimer em todo o mundo, gerando um surpreendente cuidado com a saúde e que deverá quadruplicar até 2050. Entretanto, os médicos não podem oferecer nenhum tratamento eficaz, e os cientistas não foram capazes de definir o mecanismo subjacente da doença.

    Em uma pesquisa publicada em julho de 2012, mostra que poucas pessoas carregam uma mutação genética que, naturalmente, os impede de desenvolver a condição.

     A descoberta não só confirma o suspeito principal que é responsável pela doença de Alzheimer, como também sugere que a doença pode ser uma forma extrema para o declínio cognitivo, visto em muitas pessoas mais velhas. A mutação está em um gene que produz o precursor da proteína β- amilóide(APP), que tem um papel desconhecido no cérebro e que desempenha um papel do desenvolvimento do Alzheimer.

    ”Se placas da proteína beta amilóide foram confirmados como a causa da doença de Alzheimer, seria reforçar os esforços para desenvolver drogas que bloqueiam a sua formação, a fim de tratar ou prevenir a doença”, diz KáriStefansson, chefe executivo da deCODE Genetics em Reykjavik, Islândia, que liderou as pesquisas mais recentes.

Mais Informações:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22785291

 

 

 Por: Luara Costa Fagundes