Atividade física e convívio social auxiliam idosos com Alzheimer

13/07/2013 09:05

 

Via Coisa de Velho:

 

De acordo com José Luiz Costa (médico especialista em Cinesioterapia Funcional e Cognitiva em Idosos com Doença de Alzheimer), a realização de exercícios regulares e atividades de convivência por idosos com a doença e seus cuidadores têm papel fundamental no tratamento contra a progressão do Alzheimer, destacando que essas atividades melhoram a qualidade de vida das pessoas que sofrem dessa condição.

Costa ainda afirma que os exercícios que principalmente promovem maior gasto de energia, pode reduzir a gravidade da demência.

 

Em uma Pesquisa apresentada pela sociedade de Radiologia da América do Norte revelou que estilo de vida saudável, especialmente com a prática frequente de atividade física, pode surtir efeitos positivos sobre doenças neurodegenerativas, pois a prática regular de exercícios está associada a um maior volume da massa cinzenta do cérebro, inclusive entre pacientes com comprometimento cognitivo leve ou Alzheimer. 

 

Maiores informações:

http://coisadevelho.com.br/?p=12041

 

Por Luara Fagundes