Experiências e tendências internacionais de modelos de cuidado para com o idoso

06/11/2012 17:43

 

O maior uso dos serviços de saúde pela população idosa gera um aumento considerável dos gastos. Ao analisar este contexto, a Agência Nacional de Saúde Suplementar publicou a Resolução Normativa nº 265, que incentiva a participação de beneficiários de planos de saúde em programas de envelhecimento ativo, com descontos nas mensalidades.

Assim, idosos passam a receber benefícios pecuniários para aderir a ações de saúde preventiva e detecção precoce de doenças, ao invés do foco exclusivo no tratamento. O grande pesquisador sobre envelhecimento no Brasil, Renato Veras, avaliou as perspectivas nos Estados Unidos e no Reino Unido, países que possuem uma medicina de bom padrão, e acredita que a iniciativa é bem-vinda em nosso país.

No Reino Unido os clientes de uma das maiores seguradoras, a PruHealth, recebem benefícios financeiros para deixarem seus carros parados e caminharem, fazerem atividades física em academias, além de obter descontos na compra de frutas e legumes em supermercados associados. Ser saudável, para a empresa, deveria ser sua própria recompensa, mas ela entende que a maioria dos clientes necessita de motivação para começar.

Mas será que esta tendência terá efeito positivo ou aceitação da sociedade e empresas brasileiras?

Maiores informações:

http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232012000100025&lang=pt

 

Por Paloma Andrade